Indústria goiana fica em 1º lugar no país após crescimento de 2,5% até setembro, aponta IBGE

A pesquisa avaliou 15 unidades federativas e apenas três apresentaram resultados positivos, Goiás (2,5%), Rio de Janeiro (2,2%) e Pernambuco (1,8%).

Nesta terça-feira (10) foram divulgados os resultados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) Regional, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Estado de Goiás ocupa a primeira posição nacional em crescimento no setor industrial. O segmento cresceu 2,5% no último mês de setembro, comparado com o mesmo período de 2019.

A pesquisa avaliou 15 unidades federativas e apenas três apresentaram resultados positivos, Goiás (2,5%), Rio de Janeiro (2,2%) e Pernambuco (1,8%). Em um contexto nacional, o Brasil teve saldo negativo de -7,2%. O levantamento mostra ainda que o setor cresceu 4% no acumulado dos últimos 12 meses, ocupando o segundo lugar nacional, só perde para o Rio de Janeiro, que teve crescimento de 3,6%.

Em material divulgado à imprensa, o governador Ronaldo Caiado ressalta o trabalho de sua gestão durante a pandemia. “Goiás deu conta de fazer tudo: salvar vidas, com sua estrutura de saúde montada, e, hoje, os investimentos estão chegando, com maior número de abertura de empresas, aumento na produção industrial”, aponta.

Adonídio Neto, secretário de Indústria, Comércio e Serviços, também comentou o saldo positivo do Estado na pesquisa do IBGE. “Estamos focados e atentos às movimentações da economia no Brasil. Nosso trabalho de atração de empresas nacionais e estrangeiras mostra que estamos no caminho certo no fortalecimento da nossa indústria”, comemora.

Fonte: Jornal O Popular

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *