top of page

ADIAL discute trechos estratégicos de rodovias que devem receber investimentos do Fundeinfra

16.05.2023


A Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (ADIAL) realizou uma reunião hoje, 16.5, para discutir, analisar e avaliar trechos estratégicos de rodovias goianas que são essenciais para o suporte do agronegócio.


Durante o encontro, os participantes debateram acessos de rodovias estaduais que não estão contemplados pelo mapa do Fundeinfra, indicando a necessidade de projetos de engenharia.


O diretor executivo da AdialLog, Eduardo Alves, apresentou o mapa do governo de Goiás, que já foi divulgado pelo Fundeinfra e indica os pontos que já estão previstos para receber investimentos.


De acordo com o presidente-executivo da ADIAL, Edwal Portilho, o Tchequinho, a falta de projetos de engenharia é o principal obstáculo nessas rodovias. Ele ressaltou que os trechos apontados são fundamentais para o escoamento de leite e grãos, e que o uso de um pavimento adequado aumentaria a produtividade.


Participaram da reunião, por videoconferência, Riumar dos Santos (Goinfra), Edeon Vaz (APROSOJA),

Cláudio Henrique (Laticínios Piracanjuba) e

Marcelo Miranda (Laticínios Piracanjuba).

Cláudio Henrique, dos Laticínios Piracanjuba, destacou que a logística da empresa percorre diariamente 130 mil km em todo o país, sendo 35% desse total em Goiás. Ele afirmou que os locais com menor capacidade de transporte estão em Goiás, evidenciando a necessidade de melhorias nas rodovias do estado.


A discussão promovida pela ADIAL visa chamar a atenção para a importância desses trechos estratégicos de rodovias goianas para o desenvolvimento do agronegócio, bem como para a necessidade de investimentos em projetos de engenharia e melhorias na infraestrutura de transporte em Goiás. Todas as sugestões serão encaminhadas ao governo estadual.


As associadas Adial que tiverem interesse em apresentar sugestões de pontos críticos que necessitam de investimentos em infraestutura, podem encaminhar as dados na planilha já disponibilizada para o e-mail: eduardo@adial.com.br.

Kommentarer


bottom of page