top of page

Adial realiza reunião mensal


14/06/2022


A reunião do mês de junho da Adial foi realizada na última segunda-feira (13) no formato híbrido. O encontro teve a participação do ex- deputado federal, ex-secretário de Indústria e Comércio de Goiás e ex-ministro das Cidades e ex-vice-presidente e associado da Adial, Alexandre Baldy.

Para ele, a Adial “é, foi e será importante para o empresariado e o setor produtivo do nosso Estado. Goiás tem uma entidade multissetorial forte e competente”.

Joel Sant’ Anna, Secretário de Indústria e Comércio, que também estava presente, afirmou que, junto com a Adial, vem trabalhando para atender o setor e essa parceria conseguiu alguns importantes avanços. Ele citou as empresas que estavam com imbróglios referentes ao Produzir e ao Fomentar, relacionados à transição ao ProGoiás.

Ele destaca que hoje Goiás se destaca no cenário nacional. “O Estado está com caixa e hoje tem a terceira melhor economia no País”.

A questão do ICMS

O presidente-executivo da Adial, Edwal Portilho, o Tchequinho, pontuou que são certas as mudanças na política do imposto dos combustíveis e os efeitos para os programas de incentivos fiscais. “As cadeias produtivas relevantes estão empatando, isso é, não adianta medidas lineares para solucionar a questão”.

O presidente do Conselho da Adial, Zé Garrote, destacou que a segurança jurídica é vital e que cada cadeia tem suas características próprias. “Precisamos de uma política industrial desenvolvimentista para trazer essa segurança, e consequentemente, renda e qualidade de vida para a população. Temos não apenas vender produtos com valor agregado, mas prontos, diretos para os supermercados”.

Outro ponto destacado foi a prorrogação do início das exigências de preenchimento das informações fiscais das empresas que se encaixam nas Instrução Normativas 1501/2021 e 1518/2022 para 2023, não dividindo o ano fiscal.

Pesquisa

Para finalizar foi ressaltado que a Pesquisa Adial, que tem como foco conhecer o tamanho da Adial, será enviada para as associadas na próxima semana. ” Vamos levantar o peso da Adial e o que ela significa para a sociedade e para o Estado”, pontuou Zé Garrote.

É importante ressaltar que o questionário será enviado de um e-mail da própria Associação e que os dados repassados são confidenciais.

Comentários


bottom of page