top of page

Bonfrigo é líder na produção de carne suína em Goiás

03.05.2024


A Frigo Suíno Sol Nascente, dona da marca Bonfrigo, tem crescido a uma taxa média de 10% ao ano e seus produtos estão em vários estados



A Frigo Suíno Sol Nascente, responsável pelos produtos Bonfrigo, está completando 35 anos de atuação no mercado. E projeta crescimento de mais de 10% ao ano. Prevê faturar R$ 250 milhões em 2024, com aumento da sua capacidade de abate. Além de levar seus produtos para mais de 4 mil pontos de vendas – hoje estão em mais de 3 mil – para vários Estados brasileiros.


Atualmente, a empresa responde por 60% dos abates de suínos criados em Goiás. Mensalmente, abate 18 mil animais por mês na indústria localizada no Bairro Jardim Botânico, em Goiânia, numa área de 48 mil metros quadrados. No local, além da indústria, tem refeitório para os 600 funcionários, área de convivência e uma usina que gera energia limpa que abastece toda a empresa.


A previsão é de comercializar 22 mil toneladas de carne suína e seus derivados este ano, 10% a mais do que em 2023. Os produtos – um portfólio de mais de 80 itens – vão para supermercados, empórios, padarias e açougues de Goiás, Tocantins, Bahia, Pará, Maranhão e Distrito Federal. Eventualmente, os produtos também chegam a outros Estados.


Os produtos da Bonfrigo vão desde a carne suína in natura, em carcaça ou em cortes como filé, picanha, costela, copa lombo, linguiças e embutidos. Recentemente, a empresa lançou no mercado a linha presuntaria (presunto e apresuntado). Os animais para abate chegam de parceiros granjeiros goianos. A distribuição dos produtos pelo Brasil também é feita por empresas terceirizadas.


Avanços

O proprietário da empresa, Marcelo Rodrigues da Silva, revelou ao EMPREENDER EM GOIÁS que, este ano, a empresa concluirá investimento de R$ 15 milhões na terceira fase de expansão da indústria que garante a ampliação e modernização da área de abates dos suínos.


Com esta nova fase, a Frigo Suíno terá condições de aumentar o abate de suínos, garantindo mais produção para atender a novos mercados. “Queremos continuar crescendo, de forma estruturada, com o pé no chão, e mantendo o nosso alto padrão de qualidade”, destaca Marcelo.


Para exemplificar a tipicidade de seus produtos, ele cita que a defumação dos alimentos é feita de forma natural. Diferenciada de outras indústrias. É usado o cavaco alemão (importado da Alemanha) para gerar a fumaça “Assim, garantimos a qualidade do produto e o sabor único”, salienta.



História

Fundada em 1989, quando Marcelo tinha apenas 19 anos de idade e era estudante de mecânica industrial, juntamente com um sócio, a Bonfrigo começou distribuindo carnes de suínos em açougues e feiras livres de Goiânia. Abatia um animal por dia. A profissão era conhecida como marchante.


Com a demanda crescendo, o empresário passou a abater mais animais na capital. “Fazia as entregas numa Kombi. Se eu passava perto de um açougue novo ou supermercado, parava e tentava ganhar o cliente. Assim, fui conquistando o mercado”, conta Marcelo.


Em 2015, ele adquiriu a parte do sócio e passou a tocar o negócio sozinho. Para não ter erros, contratou assessoria empresarial e técnica para desenvolver o projeto industrial. A obra da indústria aconteceu em três etapas e estão sempre passando por modernização.


Apesar das incertezas econômicas e insegurança jurídica, Marcelo diz que o seu negócio deu certo graças a resiliência, muito trabalho, otimismo, fé e o apoio da equipe de trabalhadores que é coesa. Hoje, conta com seu filho Thiago Rodrigues Abdallah, de 24 anos de idade, para ajudar a tocar o negócio. ( Empreender em Goiás)



Commentaires


bottom of page