top of page

Entidades empresariais se reúnem com bancada federal para debater a reforma tributária

14.04.2023



Nesta sexta-feira, 14/04, a Associação Pró Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial) participou de um café da manhã do Fórum das Entidade Empresariais (FEE) com a bancada federal em Goiânia, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg). O encontro teve como tema a reforma tributária e contou com a presença dos deputados federais Adriana Accorsi, Adriano do Baldy, Flávia Morais, Ismael Alexandrino, Alcides Ribeiro, Lêda Borges,  e o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz.


Além da Adial, outras entidades também participaram do evento, como a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (FECOMÉRCIO), a Federação da Agricultura do Estado de Goiás (FAEG), a Federação das Associações Comerciais do Estado de Goiás (FACIEG), Associação Comercial de Goiás (ACIEG) e Sistema OCB.


O presidente da Fieg, Sandro Mabel, foi o anfitrião e o presidente-executivo da Adial, Edwal Portilho, o Tchequinho, realizou a exposição "Considerações sobre a reforma tributária". Durante sua apresentação, Tchequinho destacou os principais pontos que acredita que devem constar no texto da Constituição e enfatizou que é importante que tudo esteja muito bem descrito e que não é possível fazer a reforma tributária fatiada. Ele ainda ressaltou que a Adial, o Fórum das Entidades Empresariais (FEE) e o IPA estão sempre à disposição para debater o assunto.


O presidente da Associação Comercial e Industrial de Goiás (Acieg), Rubens Filete, destacou pontos essenciais para a reforma tributária, como transparência nos atos da transição e incentivos fiscais.


O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, pediu o apoio dos deputados federais para manter o Imposto Sobre Serviços (ISS) na cidade. Segundo o prefeito, "se perdemos o compasso do ISS, ficaremos para trás e ficaremos numa certa dependência do governo estadual e federal".


O ISS é uma importante fonte de arrecadação para o município e sua manutenção é fundamental para garantir a continuidade de investimentos em áreas como saúde, educação, infraestrutura e segurança. Por isso, o prefeito destacou a importância do apoio dos deputados federais para manter o imposto na cidade.


A prefeita de Bela Vista de Goiás, Nárcia Kelly, manifestou sua preocupação em relação a qualquer mudança na legislação tributária que possa prejudicar a arrecadação do município. "Qualquer reforma que coloque em risco a arrecadação é prejudicial à população local".


A deputada federal Adriana Accorsi afirmou que a bancada federal de Goiás é independente e tem o compromisso de levar as preocupações dos goianos para o governo federal. Ela destacou que as proposições relacionadas à reforma tributária são justas e legítimas, e que não há intenção de prejudicar nenhum setor da sociedade.


Os parlamentares presentes ressaltaram a importância de ouvir as demandas das entidades empresariais e do setor produtivo para a construção de uma reforma tributária justa e eficiente. Eles destacaram que a reforma é necessária para simplificar o sistema tributário brasileiro e para reduzir a carga fiscal sobre empresas e cidadãos.

Comentários


bottom of page