top of page

Fórum dos Governadores do Brasil Central discute a Reforma Tributária

30.09.2023





Goiás foi a sede do Fórum dos Governadores do Brasil Central na última sexta-feira, 29.09. Sete governadores que compõem a região Brasil Central – Ibaneis Rocha do Distrito Federal, Ronaldo Caiado de Goiás, Carlos Brandão do Maranhão, Mauro Mendes do Mato Grosso, Marcos Rocha de Rondônia, Eduardo Riedel do Mato Grosso do Sul e Wanderlei Barbosa de Tocantins - se reuniram para discutir temas fundamentais em prol do desenvolvimento dessa região estratégica, como reforma tributária e segurança pública.


O presidente executivo da Adial, Edwal Portilho, o Tchequinho, acompanhou os debates e afirmou que o ponto central do encontro foram as discussões sobre a Reforma Tributária e os impactos com a transição, como o destino da arrecadação do IVA, a questão dos Estados de conviver com fundos para ressarcir as perdas dos incentivos fiscais e, com isso, a dificuldade de manter as indústrias locais já instaladas e atrair novas para essas regiões menos desenvolvidas.


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, criticou a perda de autonomia dos Estados no texto da Reforma Tributária e disse que a matéria põe em risco o desenvolvimento regional pensado durante a constituinte de 1988.



Dois senadores estavam no encontro – Vanderlan Cardosos (GO) e Mauro Carvalho Júnior (MT). “ Foi um momento político importante para mostrar para o Senado que os Estados têm preocupação com a perda de competitividade pela maneira de administrar seus recursos e ferramentas para atrair investimentos”.


Argumentos

O Diretor Executivo do Instituto Mauro Borges, Erik Figueiredo, participou das discussões e expôs dados nos quais afirma que a reforma foi construída em cima de conceitos abstratos, mas desconsiderando os impactos sobre o mundo real, além disso põe em risco mais de 50 anos de políticas de combate à desigualdade regional e pune estratégias bem sucedidas de superação do subdesenvolvimento.

bottom of page