top of page

Obras de infraestrutura de Goiás atraem grandes empresas da China


14.06.2023


Projetos estruturantes para o Estado foram apresentados pelo vice-governador Daniel Vilela. Além dos investimentos no setor, a gestão fiscal e a transparência do governo de Ronaldo Caiado foram apontadas como atrativos para empresas chinesas


De olho no aumento dos investimentos em infraestrutura do Governo de Goiás, empresas tratadas como gigantes chinesas podem desembarcar no estado. Os diretores das maiores companhias de obras sediadas no país asiático conheceram os projetos estruturantes de Goiás em uma reunião com integrantes da missão goiana na China, liderada pelo vice-governador Daniel Vilela. O presidente-executivo da Adial, Edwal Portilho, o Tchequinho, integra a comitiva.


A disposição das empresas chinesas em atuar em solo goiano foi demonstrada no encontro do vice-governador de Goiás, Daniel Vilela, nesta de terça-feira (13/06). O primeiro compromisso do segundo dia da missão internacional goiana no país foi uma reunião com dirigentes da China Railway Group Limited (Crec4), reconhecida por grandes obras de engenharia com destaque no setor de habitação.

Daniel Vilela expôs aos empresários informações sobre o programa de habitação do Governo do Estado, o Pra Ter Onde Morar. O vice-governador citou o déficit habitacional que há no Brasil e a importância da atuação conjunta do setor público e privado para ofertar moradia de qualidade e com custo acessível. “Sabemos da experiência que os chineses têm em atuar neste setor, trazendo eficiência e qualidade nas construções em um curto espaço de tempo. Acreditamos que Goiás pode receber os investimentos privados que vão se somar as ações que já são empenhadas pelo governador Ronaldo Caiado”, afirmou ao vice-presidente da Crec4, ZhouFangyuan.


Na segunda agenda do dia, a comitiva foi recebida pela diretoria da companhia China Communications Construction Company (CCCC). A empresa, que é majoritariamente estatal, é especializada na construção de instalações de infraestrutura e ocupa espaço de liderança mundial em projeto e construção de estradas, pontes, ferrovias, metrôs, aeroportos e outras instalações de infraestrutura de transporte. Está representada em 139 países, incluindo o Brasil.

Daniel Vilela mostrou projetos que envolvem estradas e logística, e destacou que a experiência da empresa tem muito a somar aos planos de infraestrutura do estado. “O Governo de Goiás prepara um investimento em torno de R$ 10 bilhões, ao longo dos próximos anos. Estamos estruturando a carteira com grandes projetos para serem atrativos a grandes empresas, que tenham know-how, como a CCCC”, disse.


O vice-governador revelou aos empresários que o Governo do Estado prepara a contratação de empresas para reconstruir 3 mil quilômetros de rodovias, além de duplicar 400 quilômetros de estradas estaduais. Ele lembrou ainda que há obras federais significativas em solo goiano e que elas vão contar com misto de investimentos privados e públicos.


Além da ampla perspectiva de investimentos em infraestrutura, também chamou atenção dos empresários chineses o compromisso do Governo de Goiás com a responsabilidade fiscal. Daniel Vilela ressaltou que a determinação da atual gestão é de que as obras só sejam iniciadas quando há todo o recurso financeiro em caixa. “Temos um governo equilibrado no setor fiscal, com recursos provisionados e com ambiente positivo de negócios”, garantiu.


Missão

A missão em terras chinesas terá duração de 14 dias, com retorno previsto para o dia 22 de junho. Entre os participantes da comitiva estão o presidente-executivo da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial de Goiás (ADIAL), Edwal Portilho Tchequinho, o presidente da Associação Comercial de Goiás (Acieg), Rubens Fileti, o representante da Assembleia Legislativa de Goiás, o deputado estadual Veter Martins e representantes do governo e municípios.


Para a próxima quarta-feira, dia 14, a agenda será na cidade de Zhengzhou, um dos berços da civilização chinesa e reconhecida pelo seu forte apelo histórico e cultural. A comitiva terá pela manhã uma rodada de negociações com empresários locais. Na cidade vizinha de Luoyang, haverá uma reunião na fábrica da YTO e também a participação em um seminário com os empresários da região.



Fotos: Bruno Farias

Vice-Governadoria - Governo de Goiás

Comments


bottom of page