top of page

Painel da Expofavela aborda mudanças no empreendedorismo

20.05.2023


Na tarde de hoje, 20/5, o presidente-executivo da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Edwal Portilho, o Tchequinho, marcou presença no painel intitulado "As mudanças do empreendedorismo pós pandemia". O evento ocorreu na Expofavela, em Goiânia, e reuniu importantes nomes do setor empresarial.


Ao lado de renomados profissionais, como o presidente da CBIC, Renato de Sousa, o gerente técnico e econômico da FAEG, Edson Novaes, Tiago Zapoque, gerente da Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa de Goiânia (SEDEC), e Solange Da Mata, diretora do grupo Nutriex, o presidente-executivo da Adial compartilhou valiosas perspectivas sobre o empreendedorismo após a pandemia.


Durante o painel, ele ressaltou que o caminho para o sucesso é relativamente simples, desde que haja preparo e dedicação. Enfatizou a importância de se mergulhar em um segmento de interesse, citando o Brasil como o centro da agricultura sustentável e tropical no mundo. "A agricultura orgânica é muito grande e o maior exportador de açúcar do mundo está em Goiás. Por isso, precisamos de incentivos", afirmou. Além disso, destacou o trabalho realizado pela associação no desenvolvimento e avanço da economia goiana.


Tiago Zapoque, representante da Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa de Goiânia, abordou as ações da prefeitura para a desburocratização da abertura de empresas na região. Ele ressaltou a importância de ser otimista como uma estratégia empreendedora, bem como a necessidade de ser resiliente e acreditar no plano traçado.


Solange Da Mata, diretora do grupo Nutriex, trouxe exemplos de negócios que obtiveram resultados positivos durante e após a pandemia. Ela destacou a valorização do trabalho empreendedor e encorajou os participantes a empreenderem em suas carreiras. Da Mata mencionou que, embora muitos segmentos tenham enfrentado dificuldades, marcas de luxo, por exemplo, registraram crescimento durante esse período desafiador.


Renato de Sousa abordou a necessidade de otimismo e resiliência. Ele destacou a importância de ser brasileiro e nunca desistir, mencionando os investimentos e foco realizados durante a pandemia, que permitiram a retomada de diversas atividades econômicas. O presidente da CBIC também alertou para a necessidade de não se perder no caminho, dado o amplo acesso à informação disponível atualmente.


Comentários


bottom of page