top of page

Reunião mensal de agosto discute temas pertinentes da Associação

15.08.2023




A reunião mensal de agosto da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial) foi realizada na segunda-feira, 14, na nova casa. O encontro foi híbrido. A delegada Alessandra Alvarenga, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) e equipe estavam presentes.

Ela orientou os associados de como evitar os roubos de suas cargas. A delegacia desenvolveu um manual para orientar os profissionais em como evitar. “A prevenção é um caminho. Nos fortalecemos reprimindo o crime”, afirma.

O diretor da AdialLog, Eduardo Alves, afirmou que a parceria com a Decar pretende visitar as associadas e orientar os motoristas e todos os transportadores. “A Adial tem vários braços, uma delas é a AdiaLog. E parceria pública - privada é uma combinação perfeita. E esse trabalho de integração é extremamente valioso. Uma palavra da equipe da Polícia Civil pode salvar uma vida”, pontua o presidente do Conselho da Adial, Zé Garrote.

Outro ponto abordado foi a Lei do motorista e os impactos da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na ADI nº 5.322, que trata da jornada de trabalho do motorista profissional, cuja deliberação trará impactos no país inteiro. Em suma, períodos como, por exemplo, o tempo de espera do motorista fora da direção, esperando o caminhão ser carregado e descarregado, passa a ser considerado tempo à disposição, e, em consequência, jornada de trabalho. “Isso gera custos. E a conta será repassada para o consumidor”, explica o presidente-executivo da Adial, Edwal Portilho, o Tchequinho.

Participações


A nova associada da AdialLog, BBT Transportes, se apresentou para as demais. A empresa tem soluções personalizadas de logísticas e já atende vários outros associados da Adial, atuando no mercado de importação e exportação.

E o escritório de advocacia Cescon Barrieu que tem como foco oportunidades tributária, Ambiental, Compliance entre outros, compareceu apresentando a sua área de atuação.

Reforma

As novidades sobre a Reforma Tributária foram outro ponto de discussão. Essa semana iniciam as audiências públicas no Senado. A assessora jurídica da Adial, Marília Tofollis mostrou no artigo 8 do texto que os itens da cesta básica nacional de alimentos serão reduzidos a zero. “Uma lei complementar vai definir, mas temos que lembrar que nosso país é continental e se essa lei vai considerar as regionalidades”, esclarece.

Outro são os produtos agropecuários, no artigo 09, com o regime diferenciado de tributação. “Temos um Grupo de Estudos com os membros do governo estadual e FEE. Fiquem à vontade para nos munir de informações”, pontua Tchequinho, que seguirá para Brasília para participar das Audiências Públicas do Senado.



Panfleto Reforma Tributaria - Adial - 14-08-2023
.pdf
Fazer download de PDF • 45.79MB


Obras

O Conselho Gestor do Fundo Estadual de Infraestrutura (Fundeinfra) definiu mais 32 obras de pavimentação e recapeamento. Ao todo, o Fundo já aprovou R$ 3 bilhões em obras. “Temos 44 projetos aprovados, 18 em construção, mas apenas três em andamento. Os projetos executivos são os gargalos’, pontuou Zé Garrote.

Comments


bottom of page