top of page

Reunião mensal resume as atividades da entidade

12.03.2024




A Adial recebeu, nesta reunião de março, o Projeto Juntas, que existe desde junho do ano passado e reúne 343 famílias com crianças com deficiências, sendo a maioria delas mães solteiras. Esta associação solicita ajuda com cestas básicas e o desenvolvimento de atividades de lazer adaptadas para as crianças com deficiência. "Para a pessoa comum, ir a um shopping ou participar de uma festa junina é fácil. Mas para uma criança com deficiência, não é. É necessário fazer adaptações. Não realizamos eventos exclusivos para deficientes, mas sim para incluir a todos", enfatizam as fundadoras e mães, Phamella Neri, Lívia Tormin e Paula Godoi.


"É crucial auxiliar essas mães e famílias, mesmo sem a regulamentação para desconto no imposto de renda. São famílias que necessitam de apoio e ajuda", ressalta Zé Garrote, presidente do Conselho da Adial.


Ainda este encontro mensal, realizado de forma hibrida, os associados receberam feedback sobre o 1º Agro Mill Experience da Adial, que foi realizado na última semana, que promoveu a imersão de influenciadores e formadores de opinião para apresentar a realidade do agronegócio goiano com práticas sustentáveis, os avanços tecnológicos e o papel crucial de Goiás na alimentação do País.


Além disso, durante a reunião foram discutidas atualizações referentes a ações judiciais e desdobramentos da Lei Federal 14.789/03, que trata da tributação das subvenções de investimento, bem como a situação dos programas Fomentar, Produzir e ProGoiás diante dessa legislação. Também foi apresentada a questão do alinhamento da Adial com a Secretaria de Economia sobre o conceito de crédito outorgado e crédito presumido.

Comments


bottom of page