top of page

Projeto Juntas reúne mães de crianças com deficiência em Goiânia

02.04.2024


Três mulheres se unem para inclusão de filhos




Mães de crianças com deficiência se uniram e criaram o Projeto Juntas. Hoje, reúne 343 famílias com crianças com diversas deficiências, sendo a maioria delas mães solteiras. As fundadoras Phamella Neri, Lívia Tormin e Paula Godoi contam que o objetivo não é criar apenas acessibilidade para as crianças, mas sim incluir todos. “Quero que meu filho sem nenhuma deficiência possa brincar normalmente com a irmã, que tem paralisia cerebral, em uma festa ou parque”, pontua Paula.


A Associação, fundada em junho de 2023, tem como principal objetivo estabelecer uma sede própria e promover a integração cultural, esportiva e social das pessoas com deficiência. Nesse sentido, temos realizado diversos eventos exclusivos, como o Arraiá Todos Juntos, a adaptação de skates e a distribuição de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade.


Os membros da sociedade e os associados da Adial podem contribuir por meio de doações financeiras e de cestas básicas. É importante ressaltar que muitas mães precisam parar de trabalhar para cuidar de seus filhos e enfrentam dificuldades para manter suas casas com dignidade, por isso toda ajuda é fundamental. O Projeto Todas Juntas já tem CNPJ e, em breve, as empresas que a beneficiarem participaram das leis de incentivos fiscais.  


"Embora tenhamos condições de nos sustentar, a maioria das mães que representamos pertence a uma classe menos favorecida e necessita da ajuda de quem puder oferecer suporte", afirma Paula.


Mais inclusão

Além disso, o grupo planeja promover no próximo mês de maio o Dia das Mães, com o objetivo de destacar que essas mulheres, além de desempenharem o papel de mães, também são indivíduos e merecem cuidados especiais sem se sentirem culpadas. A iniciativa incluirá serviços de cabeleireiro, maquiagem, manicure, massagem, desfile de moda, fotografia profissional e música ao vivo.


E para criar um ambiente verdadeiramente inclusivo e divertido para toda a família, é fundamental garantir espaços adequados para cadeiras de rodas circularem livremente entre as mesas. Além disso, a festa irá oferecer atividades adaptadas para pessoas com diferentes necessidades. Nesse sentido, será oferecido diversas oficinas adaptadas, além de disponibilizado cavalos para as crianças interagirem de forma segura, um pula-pula com suporte para garantir a diversão de todos, skate adaptado, show com personagens vivos e o cachorros para que as crianças desfrutarem de momentos de alegria.


As fundadoras


Todas têm filhos com paralisia cerebral, mas cada caso é diferenciado do outro e se encontraram durante as sessões de terapias e procura por ajuda. As três abandonaram as carreiras para se dedicarem aos filhos.  "Para a pessoa comum, ir a um shopping ou participar de uma festa junina é fácil. Mas para uma criança com deficiência, não é. É necessário fazer adaptações. Não realizamos eventos exclusivos para deficientes, mas sim para incluir a todos", Phamella Neri.


Como ajudar?

Inicialmente as doações podem ser realizadas via PIX 001. 94151- 174 - Lívia Tormim F Borges.


Para conhecer um pouco mais da história do projeto e dessas mulheres siga o Instagram @projetojuntas03

Comments


bottom of page